Ambientalistas e ruralistas divergem sobre novo código florestal

 

O texto que deve ser aprovado hoje na câmara prevê anistia de 75% das multas milionárias aplicadas antes de julho de 2008.

O coordenador do Greenpeace,diz que  o texto é repulsivo e danoso ao meio ambiente. Márcio Astrine enfatiza ser inconcebível anistiar crimes ambientais e espera que a presidente Dilma vete vários pontos do projeto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s