Assassinos,bandidos?Não,filhos da sociedade!

 Artigo:Welington Isaias Santos

A sociedade brasileira  atual sofre de um transtorno típico de países ricos.

O caso ocorrido em Brasília de assassinato aos moradores de rua demonstram esse desvio psicológico sofrido pelo brasileiro.

Existem em nossa sociedade no mínimo 3 camadas sociais,interligadas e dependentes uma à outra.

Essas classes que  interagem entre si,vive conflitos típicos do mundo contemporâneo.

A classe média que é a que movimenta a economia brasileira é também a que mais oprime.

O estado em sua plenitude tem como obrigação defender a integridade física e moral de seu povo.

O caso dos assassinatos e hostilidades sofridas por moradores de rua em Brasília retrata de esse desvio psicológico sofrido pela sociedade brasileira.

Fatos como este nos leva à algumas indagações: estamos realmente  protegidos pelo estado?

A culpa da violência realmente é dessa classe marginalizada e sem instrução?

A vulnerabilidade que tem os ‘mendigos’, sobretudo em Brasília é um problema social que não é recente.

Quem não se lembra em outra ocasião,da morte do índio Gaudino,que foi incendiado por rapazes de classe média alta,moradores de bairro nobre de Brasília.

São casos que demonstram tão quão essas pessoas estão expostas à atos de violência por uma sociedade opressora.

Entretanto, a violência não nasce com o indivíduo, é algo que é construído durante sua vida.

È muito fácil atribuirmos os problemas sociais como assassinatos às classes mais pobres,varrer a sujeira ‘pra debaixo do tapete das nossas casas’.

Enquanto um mendigo está sendo assassinado,uma criança de rua está sendo espancada,estamos dentro dos nossos ‘cazulos’,,dos nossos cazulos sociais ,nos resguardando de algo que foi gerado por nós mesmos.

Acusamos um adolescente de17 anos de roubar,mas não exigimos do estado educação àquele que cometeu tal ato.

Tiramos como exemplo o efeito borboleta que diz o seguinte

“se bateres as asas aqui gerará um tornado do outro lado do mundo”

Portanto,temos que coibir o mau em sua raiz,instruir as crianças,orientar os jovens para que fatos como esses não venha a ocorrer.Não em uma sociedade que se diz civilizada.

Esses adolescentes que roubam,espancam trabalhadores ateiam fogo em mendigos,são filhos…são filhos de uma nação corrupta que não tenta impedir nenhuma dessas ações ,que não trabalha na cidadania de sua população.

Culpados?sim,mas a nossa pátria mãe gentil os havia culpado antes de nascer.

Welington Isaias Santos

Anúncios

4 pensamentos sobre “Assassinos,bandidos?Não,filhos da sociedade!

  1. Meu caro amigo,

    Só tenho uma pergunta a respeito do texto. Com que dados você faz a seguinte afirmação? “A sociedade brasileira atual sofre de um transtorno típico de países ricos”. Nos países desenvolvidos, esse tipo de crime acontece com frequencia?

    Fora isso, o texto está bem escrito. Você tem potencial Welinton! Agora é praticar mais e mais!

    • MEU CARO ANDREY,
      ACHO QUE NÃO PRECISA LEVANTAR DADOS PARA CONSTATAR QUE FATOS COMO ESSES OCORREM COM MAIS FREQUÊNCIA EM PAÍSES MAIS RICOS,LEVANDO EM CONSIDERAÇÃO QUE A DESIGUALDADE SOCIAL, É FATOR QUE INFLUENCIA NESSES CRIMES.A RIQUEZ QUE TEM PAÍSES RICOS FAZ COM QUE AS PESSOAS SE SOBRESSAIEM COM RELAÇÃO ÁS OUTRAS O QUE GERA UMA HOSTILIDADE E REPRESSÃO POR PARTE DE CLASSE RICAS!
      gERANDO ASSIM UMA DESIGUALDADE SOCIAL!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s