Atual ministro da Educação diz a Jean Wyllys que um kit-gay não vai resolver a homofobia

Durante reunião conjunta das comissões de Educação e Cultura e da Comissão Especial do Plano Nacional de Educação na Câmara dos Deputados, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante (PT) afirmou que na questão do respeito à diversidade sexual, “lançar um material didático não vai resolver”, referindo-se ao kit-gay, que foi proposto por seu antecessor, Fernando Haddad.

Para Mercadante, a questão do respeito é mais profunda, e é preciso um estudo mais profundo, considerando todas as hipóteses: “As crianças vão para casa humilhadas devido à homofobia. Nós precisamos fazer uma pesquisa sobre como construir um diálogo de respeito à diversidade”, afirmou o ministro.

A fala de Mercadante foi dirigida ao deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), ativista gay e um dos integrantes da reunião, de acordo com informações do G1. Em seu site, Wyllys afirmou que a postura do ministro pode ter consequências na prática: “Enquanto o ministro ‘estuda o tema’, crianças e adolescentes deixam a escola ou se matam por causa do bullying homofóbico. Marcarei audiência o quanto antes para tratarmos especificamente do tema e pensarmos nas soluções com a ajuda do movimento social”, disse o deputado.

fonte:gospel+

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s