Evangélicos criticam quantidade de pessoas na Parada Gay de São Paulo

A parada gay de São Paulo, que é considerada a maior do mundo, teve menos participantes na edição de 2012.
O número inferior ao esperado gerou conflitos e discussões por parte dos evangélicos.
De acordo com dados do Instituto Datafolha, a Parada Gay, realizada no dia 10 de junho de 2012, atraiu apenas 270 mil pessoas, a organização LGBT, esperava 3,5 milhões de participantes.
Baseado nos dados divulgados, o pastor da Igreja Assembléia de Deus, Silas Malafaia se manifestou.
Silas Malafaia afirmou em seu site que a organização do evento sempre exagerou na quantidade de pessoas presentes na Parada Gay: “Há muito tempo eu sei que os ativistas gays inflam os números para pressionarem a sociedade e os políticos, afim de que seus privilégios sejam estabelecidos”, e emendou dizendo que “De agora em diante não dá mais para mentir. A verdade está aí, nua, crua e patente”.
Ativista cristão e blogueiro, Júlio severo, publicou a notícia e não perdeu a oportunidade de atacar: “sem dinheiro de patrocinadores e do governo, a farra murcha”, referindo-se ao orçamento da Parada Gay, que esse ano, foi inferior aos anteriores.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s