Globo e evangélicos definem projetos e políticas para 2013

globoUm megaencontro de lideranças evangélicas, ocorrido na ultima sexta-feira (30) em Brasília, ratificou uma aproximação com a Globo e definiu algumas bandeiras políticas para os próximos anos. Informou o jornalista Lauro Jardim, no site da Veja.

As decisões foram tomadas em reunião fechada da Concepab, uma confederação nacional que reúne pastores evangélicos de dezessete estados.

Em relação à Globo, os pastores bateram o martelo no que sua “comissão precursora” alinhavara há duas semanas com diretores da emissora, em visita ao Projac: os evangélicos apoiarão o Festival Promessas de 2013; e a emissora fará a cobertura das Marchas para Jesus também no ano que vem.

Os pastores fecharam ainda uma pauta política mínima, que passa pela definição de projetos de lei que criem, por exemplo, o Dia do Nacituro (em defesa da vida e contra o aborto), Lei Seca nos estádios da Copa, e combate ao infanticídio indígena. Tais definições deixam explícito que os candidatos que receberem apoio nas próximas eleições, deverão estar de acordo com essas causas.

A aproximação dos evangélicos com a mídia e na política tem gerado muitos comentários. Recentemente, Tony Góes, publicitário e colunista do jornal Folha de São Paulo, disse numa publicação que aproximação da TV Globo aos líderes evangélicos serviria para “aplacar a ira santa”.

Já para Robson Rodovalho, o fundador da Igreja Sara Nossa Terra, a aproximação à emissora é “um exemplo de maturidade em nome do interesse da sociedade”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s